Epílogo de Amós 9:11-15

O tema desta seção final é restauração. Note-se as frases chaves: Tornarei a levantar, removerei e plantarei. Os poucos raios de luz, dos dois ou três últimos versículos, dão lugar ao nascer do sol de um novo dia, quando a profecia termina. Negra, realmente, foi a meia-noite desta mensagem, porém, o raiar do dia está próximo.

O remanescente do cativeiro tornar-se-ia a ponta de lança da uma nova nação. Haveria uma grande restauração; e, antes de mais nada, uma restauração da casa de Davi (11). Aquela seria a glória de um reino não dividido, quando o norte e o sul novamente estariam debaixo de um só rei, como nos dias de Davi. As brechas seriam consertadas e as ruínas seriam reconstruídas. Isso seria seguido pela restauração do reino (12).

Israel viria a possuir uma vez mais o que restasse (o restante) de Edom a de todas as outras nações que Jeová conquistasse. As nações que são chamadas pelo meu nome (12) é, provavelmente, uma referência a todos os países que Davi tinha conquistado. A restauração da família davídica e da nação também significaria a restauração da terra (13). Tão fértil seria seu solo que o que lavra alcançará ao que sega, preparando o solo para a colheita seguinte.

Em outras palavras, o tempo da semeadura e a colheita se seguiriam em rápida sucessão, e nenhuma interrupção nesse processo, por meio de seca ou qualquer outra praga, é contemplada. As colinas, normalmente estéreis, também fariam sua contribuição para a prosperidade do povo, pois produziriam sua colheita de uvas-destilarão mosto (13). E finalmente e acima de tudo, haveria a restauração do cativeiro (14-15). Cidades seriam reedificadas e habitadas; vinhedos e jardim seriam plantados e o povo desfrutaria de seu fruto; o próprio Israel seria plantado qual árvore na terra que lhe fora dada por Jeová, e nenhum desastre o desenraizaria novamente. A noite de tragédia e julgamento passaria para sempre da face da terra, pois Jeová, o Deus de Israel uma vez mais (teu Deus), havia assim desejado e declarado.

Livro: O novo comentário bíblico, por O. Bussey.

Cadu
Siga-me

Cadu

Nossos dias são cheios de desafios que, se aproveitados, transformam-se em oportunidades relevantes para obtermos resultados. Tecnólogo, Jurista, Teólogo e SEO do Multiplicador de Conhecimento.
Cadu
Siga-me
0 Compart.
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
+1